SAÚDE

em 17 de julho de 2018

Desde 2016, a iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), tem reduzido a fila de espera por cirurgias eletivas na Bahia. Entre os procedimentos oferecidos estão cirurgias de hérnias umbilical, inguinal e epigástrica, além de retiradas de útero, vesícula e tireoide. 

 

Este ano, crianças de 4 a 13 anos passaram a ser atendidas pelo programa, tanto para as operações de hérnia, quanto de retirada das amídalas com adenoide e reconstrução do trânsito intestinal. Nos próximos dias 23 e 24, o mutirão estará em Amargosa, também no Recôncavo. 

 

Em Santo Antônio de Jesus, poderão ser atendidos pacientes de Aratuípe, Castro Alves, Conceição do Almeida, Dom Macedo Costa, Itatim, Jaguaripe, Milagres, Muniz Ferreira, Nazaré, Nova Itarana, Presidente Tancredo Neves, Salinas da Margarida, Santa Terezinha, São Felipe, São Miguel das Matas e Varzedo. 

 

Em Amargosa, a população de Elísio Medrado, Mutuípe, laje, Ubaíra e Jiquiriçá será contemplada. Até o mês de outubro, o Mutirão de Cirurgias passará ainda pelas regiões de Itabuna, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Inhambupe, Ruy Barbosa, Irecê, Juazeiro, Candeias e Bom Jesus da Lapa.

Exames 

 

Para acessar os serviços cirúrgicos, é necessário atender a algumas exigências. “O paciente precisa ter um diagnóstico prévio, ter passado no médico antes e ter os exames pré-operatórios de sangue (hemograma, ureia, creatinina, TP, TTPA e glicemia de jejum), todos com validade de seis meses”, explica o coordenador em campo do mutirão, Deleon Francisco. 

 

O coordenador acrescenta que “para as mulheres que farão a retirada total do útero, além desses exames, é preciso ter o preventivo com validade de um ano”. Os exames podem ser realizados na rede de saúde pública ou privada. 

 

Para quem precisa passar pela cirurgia de retirada da tireoide, são realizados, no dia da consulta, a ultrassonografia da glândula, eletrocardiograma e raio-x. Para a retirada da vesícula, é necessário estar em jejum para fazer a ultrassonografia do abdômen. 

 

Documentação 

 

As mulheres que vão retirar o útero também devem levar o Beta HCG para confirmar que não estão grávidas. É preciso apresentar ainda RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS.

 

O mutirão tem capacidade para agendar 200 consultas por dia. O atendimento começa às 7h. Em Santo Antônio de Jesus, as consultas serão realizadas no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. As cirurgias serão iniciadas no dia 19. 

 

Já em Amargosa, as consultas serão na Praça Lourival Monte. Para confirmar a cirurgia, basta consultar a lista única, disponível no site da Sesab (www.saude.ba.gov.br), ou procurar a Secretaria Municipal de Saúde.

 

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

 


PARCEIROS