BLOG DO PROVOCADOR.COM,BR

em 21 de setembro de 2020

A China que caminha a passos largos para ser a maior economia do planeta anunciou na última quarta-feira (16/09) novas diretrizes para o mercado privado do país para os próximos anos.

O setor não-público é uma parte importante da economia socialista de mercado e é de grande importância promover o desenvolvimento sustentável do setor e dos trabalhadores”, disse o presidente chinês.

O plano pede que as empresas se atenham à “frente única da economia privada e sempre planejem e avancem o trabalho de uma perspectiva política e geral”.

“O ambiente de negócios promove a formação de uma boa política, adere aos princípios de confiança, unidade, serviço, orientação e educação, lida corretamente com a relação de consistência e diversidade, incentiva o apoio por um lado e a educação e orientação por outro. [Esse é] o consenso político para seguir o caminho do socialismo com características chinesas”

Wang Yang, membro do Comitê Central do PCCh

, disse que as propostas visam ajudar as empresas privadas a superar certas dificuldades e aumentar seu desenvolvimento. 

Dentre as orientações, também está incluso uma maior rede de comunicação entre as empresas e o Comitê Central do partido, para que seja relatado problemas, progressos e outros temas.

“Na medida em que a escala da economia privada continuou a se expandir, os riscos e desafios aumentaram significativamente […] e o trabalho da frente única da economia privada enfrenta novas situações e tarefas”, diz o comunicado.


PARCEIROS