REVERENCIA AOS MEUS ETERNOS E GRANDES MESTRES.

em 26 de julho de 2017

Ainda buscando contar um pouco da minha identidade como blogueiro para aqueles que insistem em duvidar de minha capacidade intelectual, ou me consideram um sujeito extremamente radical, esse artigo que é antes de qualquer coisa uma simples homenagem para esses grandes guerreiros que eu tiro meu chapéu ou meu boné para aplaudir e cantar junto, é uma pequena demonstração de onde começa a minha raiz.

Sou um filho dos maravilhosos anos 90 que em termos culturais se orgulha em ser fruto de tudo aquilo que semeou de melhor, a histórica MTV Brasil, e os maravilhosos programas das incríveis Sarah Oliveira e Didi Wagner que também serão homenageadas por esse mesmo portal em breve.

Naqueles tempos este blogueiro aproveitava os dias em que não ia para a aula ou mesmo depois de chegar da aula para aprender coisas que nem de longe aquele modelo arcaico e extremamente preconceituoso sabia que era possível ensinar.

Foi em um destes tantos programas que me assustei ao conhecer o som cheio de personalidade do maior grupo de rap do Brasil o contestador Racionais MC.

Posso garantir que aquele garoto cheio de raiva do mundo não se apaixonou por aquele som logo no primeiro clipe, ou na primeira musica, a histórica musica Diário de um detento um dos grandes sucessos do grupo paulistano ate os dias atuais.

Mas confesso que acabei ficando bastante curioso para conhecer um pouco mais sobre as corajosas letras do autentico Mano Brown e seus companheiros.

Muitos anos depois já barbado e um pouco mais revoltado com tudo aquilo que me é imposto e praticamente graças à maravilha da democratização da rede mundial de computadores descobri outros talentos que não colocam as caras na mídia com grande frequência como Rael, Criolo, Emicida e Flavio Renegado.

Tive a fantástica oportunidade de conhecer o mundo dos contestadores inconformados que não buscam fazer música apenas pelo dinheiro ou pela fama pura e simples, mas sim por um ideal de vida dando voz e vez aqueles que não têm através de suas letras.

Hoje muito mais maduro forte e barbudo sempre contestador busco seguir os paços dos meus queridos mestres retratando a verdade como ela de fato é e sempre buscando propor uma reflexão.


PARCEIROS